Irmã Maria de Lourdes Gorgulho

IrmmariadelourdesgorgulhoNas Pegadas do Mestre que faz discípulos, outros mestres e mestras abriram caminhos, continuaram a Missão... Irmã Maria de Lourdes Gorgulho passou por esta experiência. A Educação para ela se revestiu de novo significado: do berço ao túmulo.

A Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e a Educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil inclui a Ir. Maria de Lourdes Gorgulho entre grandes Mestres e Mestras do Brasil, através do Setor de Ensino Religioso, integrado à a esta. Irmã Lourdes, abriu picadas, caminhos, estradas e realizou pavimentações inéditas. Foi a primeira mulher brasileira a apresentar uma dissertação sobre o Ensino Religioso, após ter cursado, em Medellín - Colômbia, Teologia e Catequese, no Instituto Teológico de Pastoral Catequética, do CELAM. Não fazia alarde disto, nem exibia títulos numa época em que tão poucos professores brasileiros tinham acesso aos Cursos de Pós-Graduação.

Nasceu em 26/11/1926, em Cristina – MG. Filha de Francisco da Silva Gorgulho e Ana Izabel Gorgulho. De uma família numerosa, em que são destacados os irmãos biblistas renomados: Frei Gilberto da Silva Gorgulho e Ir. Maria Laura da Silva Gorgulho, igualmente grandes Mestres e benfeitores no campo da Educação Brasileira e da Pastoral.

Faleceu em 28/04/2012, aos 85 anos. Ao completar este primeiro mês da sua partida para a Casa do Pai, em nome de todos os educadores e educadoras brasileiras queremos prestar-lhe a nossa homenagem pelo que significou e continua a significar como grande expoente na dedicação, generosidade, mansidão, persistência na luta a serviço de uma nobre causa.

Na Congregação das Irmãs da Providência de Gap acumulou 63 anos de vida religiosa consagrada, vivendo o seu carisma com todas as implicações que o ato da entrega exigem.

Segundo as Irmãs Irene Ferreira e Irmã Lucyla Junqueira Carneiro, Conselheiras Provinciais: “Irmã Lourdes viveu com alegria sua vocação, testemunhando o Carisma da Providência. Seu ardor apostólico a fez sempre disponível aos apelos da Congregação e da Igreja. Por onde passou, fez muitas amizades, pelo seu jeito alegre, comunicativo e acolhedor. O que mais a empolgava e a fazia feliz, era sua atuação nas áreas de sua preferência: o Magistério, a dedicação à Sagrada Escritura, à Liturgia e a Pastoral Catequética. A sua atuação no Ensino Religioso, em Minas Gerais, merece destaque, de modo especial na região das Dioceses de Guaxupé, Campanha e Leopoldina, onde atuou como coordenadora diocesana e em âmbito das escolas da rede oficial de ensino, durante vários anos. Assim auxiliou na formação de centenas de professores para atuação na área. Lecionou, por vários anos, nos Colégios da Congregação, em: Paraguaçu, Itajubá, Caxambu, Passa Quatro, Carmo do Rio Claro. Residiu, também, nas cidades de Brasópolis, Rio de Janeiro e Cristina, São Gonçalo do Sapucaí, Carmo do Rio Claro, Paraguaçu e Visconde do Rio Branco, sempre atuando nas Pastorais e na Coordenação da Catequese e do Ensino Religioso. A partir de 2007, colaborou, também, no curso preparatório para o vestibular, criado especificamente para jovens carentes, como professora e membro da coordenação.

Na manhã do dia 28 de março do corrente ano, Irmã Lourdes sofreu um AVC e foi internada na Santa Casa, em Itajubá-MG. No dia 27 de abril, às 23 horas, fez a sua entrega definitiva ao Senhor da Vida.

A lembrança de Irmã Lourdes, o seu exemplo, nos convidam a renovar a certeza de que Deus é o Deus de toda consolação e, por isso é firme a nossa esperança”.