Formação Missionária em Cruzeiro do Sul destaca as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora

Cruzeiro_do_Sul_e_a_Misso_ContinentalCom início na sexta, dia 9, sob a responsabilidade do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), da diocese de Cruzeiro do Sul (AC), aconteceu o Encontro de Formação Missionária, no qual o foco da reflexão foi “A Missão Continental sob a luz das atuais Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil”.

Para ajudar a desenvolver a reflexão estiveram presentes os assessores da CNBB, padre Sidnei Dornelas, da Missão Continental e o padre José Altevir, assessor da Comissão Missionária.

Logo na abertura do Encontro de Formação, o padre José Altevir desenvolveu o tema “Missão Continental” e mostrou que o Documento de Aparecida deseja despertar um grande impulso missionário na Igreja na América Latina e no Caribe. “Esta é, sem dúvida alguma, uma das principais conclusões deste grande encontro eclesial. A Missão Continental para uma Igreja Missionária no Continente e do Continente para o Mundo. Se trata de despertar nos cristãos a alegria e a fecundidade de ser discípulos de Jesus Cristo, celebrando com verdadeira alegria, o ‘estar-com-Ele’ e o ‘amar-com-Ele’ para sermos enviados para a missão. ‘Não podemos deixar passar em branco esta hora da graça. Necessitamos de um novo Pentecostes! Necessitamos sair ao encontro das pessoas, das famílias, das comunidades e dos povos para lhes comunicar o dom do encontro com Cristo, que plenificou nossas vidas de ‘sentido’, de verdade e de amor, de alegria e de esperança. Em fim, a Missão Continental convida a Igreja na América Latina e Caribe se colocar em estado permanente de Missão”, disse o padre Altevir.

dommosO padre Altevir também destacou as novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE), em sua palestra e citou as cinco urgências. “Precisamos trabalhar, na Missão Continental, as cinco urgências das DGAE, que são: Igreja em estado permanente de missão; Igreja: casa da iniciação à vida cristã; Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral; Igreja: comunidade de comunidades e Igreja a serviço da vida plena para todos”.

O bispo de Cruzeiro do Sul (AC), dom Mosé Pontelo, ao falar da importância da caminhada missionária da Igreja, se referindo da Missão Continental, disse que para uma verdadeira recepção da 5ª Conferência, era necessário colocar este Documento ao lado da Palavra de Deus, de modo que estivesse sempre presente em nas atividades pastorais da Missão Continental.