Clipe musical apresenta Projeto de Evangelização da arquidiocese de BH

Letra da música é de autoria do arcebispo metropolitano, dom Walmor Oliveira de Azevedo

“Proclamar a Palavra” é o título do Projeto de Evangelização da arquidiocese de Belo Horizonte (MG) até 2020 e o nome da música que embala as comunidades no conhecimento das diretrizes que orientarão o trabalho pastoral nos próximos anos. A letra da música, que ganhou um clipe, é de autoria do arcebispo metropolitano, dom Walmor Oliveira de Azevedo. A produção, de acordo com a arquidiocese, “é um meio moderno e convidativo para também convocar os fiéis para o anúncio da Palavra de Deus”.

A produção foi coordenada pela TV Horizonte, emissora que integra a Rede Catedral de Comunicação Católica da arquidiocese de Belo Horizonte. 

O Projeto de Evangelização Proclamar a Palavra reúne diretrizes para as comunidades de fé e instituições da arquidiocese de Belo Horizonte para os próximos anos, de 2017 a 2020. O documento, apresentado no último dia 11 de fevereiro, aniversário da Igreja particular, tem como objetivo central convocar os fiéis para proclamarem a Palavra de Deus. Momentos de formação, encontros e reuniões já estão sendo realizados nas comunidades e instituições da para a efetivação dos compromissos do Projeto de Evangelização. 

São dez as diretrizes do Projeto de Evangelização Proclamar a Palavra. Elas foram definidas durante a 5ª Assembleia do Povo de Deus – uma série de encontros nos quais os fiéis indicam os caminhos para evangelizar nos dias atuais.

A arquidiocese de Belo Horizonte, também à luz das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para o quadriênio 2015 a 2019 (DGAE 2015-2019), comprometeu-se a fortalecer a rede de comunidades; a assumir, cada vez mais, a opção preferencial pelos pobres; ser Igreja da acolhida, estar com as portas e os corações abertos para testemunhar a misericórdia de Deus; cultivar a ética na política e no exercício da cidadania com a força da fé; investir na família; incentivar, cada vez mais, o protagonismo das pessoas nas muitas tarefas da Igreja; dedicar-se aos jovens, escutá-los, envolvê-los nos trabalhos; promover formação integral e permanente, para que todos possam Proclamar a Palavra de Deus; investir na Catequese; e evangelizar a partir da Comunicação e da Cultura.

Clique aqui e veja o clipe.