Começam as aulas do Curso em Especialização para Padres Formadores

Aula inaugural foi ministrada pelo bispo auxiliar de São Paulo

Quarenta e três padres formadores de seminários e casas de formação iniciaram as aulas do curso de Especialização para Formadores, oferecido pela Organização dos Seminários e Institutos (Osib), em parceria com a Faculdade Dehoniana e com o apoio do regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 

Com o tema “Dimensão Humano-Afetiva da Formação Presbiteral e Religiosa”, o curso que começou no dia 16 de janeiro, tem como finalidade oferecer elementos fundamentais para o aprofundamento da identidade do formador e seu ministério, na compreensão integral do processo formativo e no acompanhamento dos candidatos ao ministério sacerdotal. 

A abertura da aula teve início com missa presidida pelo bispo auxiliar de São Paulo e referencial para a Osib, dom José Roberto Fortes Palau e concelebrada pelo presidente da OSIB no regional Sul 1, padre Leandro dos Santos; pelo diretor da Faculdade Dehoniana, padre Marcelo Batalhoto e o coordenador da Escola para Formadores, padre Osmar Cavaca. 

Na ocasião, os formandos contaram, ainda, com a aula inaugural ministrada por dom José Roberto Fortes Palau. Em sua palestra, o bispo discorreu sobre a formação sacerdotal à luz do documento intitulado “O dom da vocação presbiteral, Ratio Fundamentalis Institutionis Sacerdotalis”, publicado pela Congregação para o Clero da Santa Sé.

O curso

Com quatro módulos a serem desenvolvidos nos períodos de férias - janeiro e julho, o curso tratará de assuntos como  “dimensão humano- afetiva; dimensão comunitária; dimensão espiritual; dimensão intelectual e pastoral. O primeiro módulo tem aulas das 8 às 12 horas, das 14 às 18 horas e das 20h às 22 horas, de segunda a sábado. Essa primeira parte será realizada até o dia 27 de janeiro, no campus da Faculdade Dehoniana, em Taubaté, (SP).

Neste primeiro módulo, as disciplina são as seguintes: Introdução Geral a Dimensão Humano-Afetiva da formação; Eclesiologia I – O documento 93 da CNBB Diretrizes para a formação dos presbíteros na Igreja no Brasil; Antropologia – Antropologia pedagógica e o processo formativo, Crise atual e juventude; Psicologia – Psicologia e processos formativos; Psicologia, maturidade e psicopatologias nos processos formativos; Pedagogia: Acompanhamento vocacional e aconselhamento; Metodologia: Metodologia para elaboração do artigo científico.

“O curso tem os mesmos reconhecimentos que o curso pós- graduação lato sensu e a qualidade também. Contudo, àqueles estão ainda cursando curso superior, o curso passa a ser de extensão, extra curricular “, afirma padre Leandro dos Santos.

Com informações do regional Sul 1