Encerramento da Assembleia do regional Leste 2 da CNBB recorda rompimento de barragem

Documentário lembrando da tragédia foi exibido na ocasião

“Depois de um ano, a situação ainda é difícil”, contou o coordenador de pastoral da arquidiocese de Mariana (MG), padre Geraldo Martins, sobre a situação das famílias atingidas pelo rompimento da barragem de rejeitos de mineração no distrito de Bento Rodrigues, em 2015, durante o encerramento da Assembleia de Pastoral do regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O encontro foi concluído nesta quinta-feira, dia 4, com a apresentação do documentário “O Bento – Terra da Gente”, que retrata a vida das pessoas afetadas pela tragédia um ano depois.

O documentário, produzido pela TV Horizonte, mostra como a fé e a devoção do povo são capazes de manter a união e a esperança de reconstruírem suas vidas.

Padre Geraldo Martins contextualizou o tema central da Assembleia, a Exortação Apostólica do papa Francisco Amoris Laetitia – sobre o amor na família, com a situação das mais de 500 pessoas que ficaram desabrigadas após o rompimento da barragem. Ele contou que as famílias estão recebendo acompanhamento espiritual da arquidiocese de Mariana para que se fortaleçam na fé e também contam com o apoio de grupos que se organizam para defender seus direitos. "Depois de um ano, a situação ainda é difícil. Estas famílias precisam ser reassentadas. Elas perderam todos os bens materiais. Mas o que mais nos preocupa é o cuidado com a saúde física e mental. O preconceito e a discriminação também são aspectos cruéis. São pessoas simples, que precisam recomeçar", sinalizou.

No último dia da assembleia, houve missa na capela da casa de retiro onde aconteceu a Assembleia, em Belo Horizonte. Reunidos em grupos, divididos por províncias eclesiásticas, os representantes das arquidioceses e dioceses puderam alinhar assuntos pastorais, falar sobre os desafios de cada Igreja particular no que diz respeito à aplicação da Exortação Apostólica Amoris Laetitia. As conclusões sobre o tema central, debatidas no segundo dia do evento, serão compiladas pelo regional Leste 2 e posterirormente enviadas às arquidioceses e dioceses.

Participaram da Assembleia, mais de 140 pessoas, entre arcebispos, bispos, padres, leigos e leigas das 32 arquidioceses e dioceses de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Saiba como foram os dois primeiros dias de Assembleia.