Diocese de Campos acolhe XV Romaria Estadual da Terra e das Águas do Rio de Janeiro

Peregrinação ocorrerá no dia 24 de julho

Com o tema “Do clamor da Terra e das Águas feridas brotam clamores de justiça”, a diocese de Campos (RJ) acolherá, no dia 24 de julho, a XV Romaria Estadual da Terra e das Águas do Rio de Janeiro. Esta é a primeira vez que a peregrinação ocorrerá em Campos dos Goytacazes, por onde passa o Rio Paraíba. 

“Trata-se de abraçar o nosso querido Rio Paraíba, que no ano que vem comemora os 300 anos do sobrenatural achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida, padroeira e rainha do Brasil, despertando a população para a defesa da Bacia, dos recursos hídricos e da ligação profunda da vida e da terra com a água”, ressalta o bispo de Campos, dom Roberto Francisco Ferrería Paz.

Sobre a Romaria, dom Roberto destaca que será uma verdadeira bênção para crescer na espiritualidade da criação, assim como na comunhão com a terra e a água. “Temos que pensar a água como um bem público fundamental para o desenvolvimento integral, harmonioso e solidário, centrado na sustentabilidade do planeta como Casa Comum”, enfatiza.

“Neste ano, principalmente de eleições municipais, a preocupação com o nosso querido Rio Paraíba, assim como o Plano de Saneamento Básico e a proposta de um desenvolvimento humano sustentável e harmonioso devem inspirar a escolha também do nosso futuro prefeito e vereadores. Que o Deus da Vida e Pai misericordioso de todas as criaturas olhe com muito amor para a nossa cidade, nosso rio, toda a família campista e todos os romeiros participantes. Deus seja louvado!”, concluiu dom Roberto.

Preparativos

A Comissão Pastoral da Terra coordena os preparativos da Romaria, junto com outras pastorais e movimentos sociais. Com base nisso, foi composta uma Comissão Estadual (constituída por representantes das dioceses, religiosos, agentes pastorais e lideranças de movimentos sociais), a fim de promover diálogos com representantes de comunidades, igrejas e parceiros. Neste sentido, também foi criada uma Comissão Local, estruturada em equipes de trabalho (Liturgia e Mística e Cultura; Comunicação, Infraestrutura e Mobilização de Recursos). 

Por meio dessas comissões foram realizados alguns encontros preparatórios, ao longo do ano, para a definição dos propósitos da XV Romaria. Além disso, os integrantes das comissões também visitaram comunidades e grupos que vivenciaram a experiência profética das romarias anteriores. 

Com informações da diocese de Campos