CNLB realiza XXXV Assembleia Geral Ordinária

No encontro, organismo lançou manifesto sobre o momento atual

O Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) realizou, entre os dias 26 a 29 de maio, em Aracaju (SE) a XXXV Assembleia Geral Ordinária. Participaram representantes de entidades, movimentos e novas comunidades.   

O Documento 105 da CNBB, “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade. Sal da terra e luz do mundo", foi tema do evento. A assessoria ficou a cargo da teóloga e professora da PUC, Lúcia Pedrosa, que refletiu sobre a importância do documento como fonte de estudo para os leigos.

No encontro foi feita uma análise de conjuntura do atual momento político do Brasil. Os participantes também discutiram a influência dos meios de comunicação no processo. 

Na ocasião, houve ainda o processo eletivo do organismo, de chapa única para o triênio 2016 a 2019. Foram eleitos como presidente Marilza Schuina; Maria das Graças Silva, vice-presidente; Luis Antonio de Souza, secretário; Sonia Gomes de Oliveira, secretária adjunta; Eduardo Lange Filho, tesoureiro; e Maria Aurenir Paiva como tesoureira adjunta.

Já o Conselho Fiscal ficou formado pelos membros: Honorata Ferreira Mendes, do regional Nordeste 1; José Claudio, do Leste 2 e Alberto Viana Gaia, do Nordeste 2. 

Manifesto

Durante a Assembleia, o CNLB também divulgou um manifesto por meio do qual externa preocupação com o “gravíssimo momento pelo qual passa a nação brasileira”. No texto, o organismo chama atenção para o atual sistema político brasileiro, “diretamente influenciado pelo sistema econômico mundial, onde se percebe o avanço do neoliberalismo”.

Clique aqui e acesse o manifesto na íntegra.

Com informações e foto do CNLB