"Despertar a consciência missionária" é tema da Assembleia Anual das POM

Evento prosseguirá até sábado, 4 de junho

"Despertar a consciência missionária hoje. As Pom a serviço das jovens Igrejas”. Este é o tema da Assembleia Anual das Pontifícias Obras Missionárias (POM), que ocorre em Roma, desde segunda-feira, 30, e prosseguirá até sábado, 4 de junho.

O evento reúne diretores nacionais das POM de todos os continentes, o presidente e os secretários gerais das quatro Pontificas Obras (Propagação da Fé, Infância Missionária, São Pedro Apóstolo e União Missionária). Do Brasil, estão presentes os padres Maurício da Silva Jardim e Camilo Pauletti. 

Os trabalhos da Assembleia foram abertos pelo secretário-adjunto da Congregação para a Evangelização dos Povos e presidente das POM, arcebispo Protase Rugambwa. Ainda no primeiro dia do evento, houve conferência com o  cardeal Fernando Filoni, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, que recentemente visitou a Colômbia. 

Programação

Na terça-feira, 31, a programação foi dedicada a workshops, debates e encontros continentais.

Nesta quarta-feira, acontece a celebração do centenário da Pontifícia União Missionária, com uma visita a Ducenta, onde está sepultado o padre Paolo Manna, sacerdote do Pontifício Instituto para as Missões Estrangeiras, fundador da Obra em 1926.

Na quinta-feira, 2 de junho, iniciará a sessão ordinária da Assembleia, que prosseguirá também no dia 3. Na ocasião, os secretários-gerais das quatro Pontifícias Obras Missionárias apresentarão o balanço do ano transcorrido, a previsão e os pedidos de subsídios aos projetos apresentados.

No último dia, sábado, está prevista audiência com o papa Francisco.

Com informações da Rádio Vaticano