Comissão para Juventude divulga subsídio do DNJ

“Juventude construindo uma nova sociedade” é o lema motivacional para o Dia Nacional da Juventude 2015 (DNJ) a ser celebrado no quarto domingo de outubro, este ano, dia 25. A 30ª edição do evento busca inspiração nas reflexões da Campanha da Fraternidade a partir da temática “Fraternidade: Igreja e Sociedade”.  O objetivo da atividade é animar os jovens para a experiência missionária.

 Visando auxiliar as comunidades, paróquias e dioceses, a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disponibiliza cartilha para download com orientações e roteiros celebrativos para a vivência do Dia Nacional da Juventude (DNJ).

O material está organizado em capítulos, com três temas: 1º) “Construindo Uma Nova Sociedade”, 2º) “Juventude e Vida” e 3º) “Juventude e Política”. Além disso, o subsídio oferece anexos com roteiros e orientações, história do DNJ, proposta de visita missionária para o mês de outubro e celebrações.  

DNJ 30 anos

Na introdução do material, o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, fala da importância do momento para celebrar ação de graças dos 30 anos de DNJ.

“O Dia Nacional da Juventude será um dia missionário! A missão é permanente; jovens missionários! Para o mês de outubro, mês missionário, os jovens encontrarão um roteiro para ação missionária. Os missionários jovens anunciando, testemunhando a vida que Jesus nos deixou com sua vida, morte e ressurreição na Comunidade, na Igreja local”, recorda dom Leonardo na mensagem.

Ainda, na mensagem, dom Leonardo fala do papel do jovem na sociedade, relembrando as palavras do papa Francisco, motivando-os para serem construtores da paz, da vida nova, superando a cultura do consumo e do descarte: “É jovem aquela, aquele que tem a força, o vigor de Deus. Deus é bondade, misericórdia, cuidado, fonte de todo o bem. É jovem a pessoa que imita Deus na generosidade fontal! Portanto, somos todos convidados a ser sinal de mudança”.  

Confira a cartilha disponibilizada no site dos Jovens Conectados.