Diocese de Juína promove encontro sobre o papel dos leigos

Crianças, jovens e adultos de Juína (MT) encontraram-se, no dia 15 de fevereiro, para discutir o protagonismo do leigo na Igreja. Aproximadamente 200 lideranças, provenientes das 33 comunidades da paróquia de Santo Agostinho, de Juína, estiveram reunidas na casa de retiro da diocese.

A presidente do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB), Marilza Lopes, assessorou o encontro. Os participantes ressaltaram que o momento foi edificante para que todos tomem consciência da sua missão na Igreja. A iniciativa contou ainda com dinâmicas interativas, trabalhos em grupos e plenárias, além de avaliações e uma confraternização.

Cristãos Leigos 

O encontro ocorreu dentro do contexto de debate sobre o Estudo nº 107 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade”, que busca animar o laicato na compreensão de sua atuação como sujeitos eclesiais nas diversas realidades em que se encontram inseridos.

A Comissão de preparação do texto de Estudo 107 da CNBB discute agora uma nova redação, a partir das sugestões enviadas pelas comunidades, dioceses e regionais. Para o bispo de Caçador (SC) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, dom Severino Clasen, as contribuições enviadas são “bastante significativas”, sobretudo as que dizem respeito aos leigos engajados nas atividades eclesiais e  posicionamentos sobre a atuação na sociedade, por meio de sindicatos, associações e na política.

A Comissão para o Laicato da CNBB irá apresentar aos bispos uma redação ampliada e revisada do Estudo 107 na 53ª Assembleia Geral da Conferência, que se realizará de 15 a 24 de abril, em Aparecida (SP). O objetivo é que o texto seja aprovado como documento da Igreja no Brasil. 

Com informações da diocese de Juína